10 coisas que você precisa saber antes de ir estudar nos EUA

Entre março e maio é a época em que as cartas de admissão começam a chegar. Com essas cartas, vem a noção de que o sonho está se realizando, e você começa a imaginar os desafios que vai encontrar.

Afinal, o ambiente muda, você tem que se habituar a uma cultura e uma língua diferente da sua, tem uma rotina completamente diferente e vai conhecer muitas pessoas novas. Veja como é estar nos EUA para ajudar a diminuir a ansiedade.

Quem ainda não terminou o processo também pode aproveitar para entender alguns aspectos interessantes da vida no campus.


1. Você vai ter aulas com pessoas de outros cursos e de outras áreas

2235scr_758082334ceea84 (1) Como você já deve saber de nossos outros posts, para graduação, os candidatos não aplicam para um curso, mas para uma instituição. Isso acontece especialmente em faculdades e universidades liberal arts.

Nessas instituições, antes de declarar o seu major, isto é, a área que você quer estudar, você tem que cursar disciplinas comuns com alunos de outros cursos. Outras instituições, sem ser liberal arts, também podem exigir que você faça disciplinas em outras áreas e não na sua.

O que você pode fazer é aproveitar essa oportunidade para ampliar seus conhecimentos e aproveitar a troca com pessoas interessantes, que podem ter outras formas de pensar.


 2. Cuidado com o “freshman fifteen”

Os meal plans e os dining halls das universidades, somados ao stress, podem fazer com que as calorias e os açúcares pareçam especialmente tentadores
Os meal plans e os dining halls das universidades, somados ao stress, podem fazer com que as calorias pareçam especialmente tentadoras

Freshman fifteen é uma expressão cunhada em homenagem ao peso que muitos calouros ganham no primeiro ano de faculdade. Embora existam estudos acadêmicos comprovando como e por que isso acontece, podemos pensar em alguns motivos.

O primeiro são os meal plans. Basicamente, você paga por quando (e não necessariamente quanto) pretende comer no dining hall e ganha um desconto. Isso pode se tornar um problema porque dining halls normalmente oferecem comida à vontade.

Além disso, alunos podem se sentir pressionados e com pouco tempo para assistir a todas as aulas, lerfazer pesquisas, trabalhosprovas e outras atividades que você vai querer fazer (como clubes e atividades extra-curriculares), especialmente no primeiro ano.

Tudo isso, sem organização, pode levar a muito stress, pouco sono, menos exercícios físicos e péssimas refeições. Por isso, lembre-se: seu corpo precisa de mais do que só energia.


 3. Seu mais novo melhor amigo é o café

Bill Murray tomando uma garrafa de café Bom, seu corpo precisa de mais do que só energia, mas com certeza vai precisar de energia.

Com uma rotina corrida, você pode precisar ficar mais disposto para uma aula ou para fazer um trabalho. Então, lembre-se: o café pode trazer muitos benefícios, quando não consumido em excesso. Não faça como o Bill Murray.


4. Beber antes dos 21 anos é ilegal

No Brasil, estamos acostumados que, com a maioridade aos 18 anos, as pessoas também tenham permissão para beber.

Já nos EUA, embora a maioridade possa variar de estado para estado, desde 1984 é proibido beber antes dos 21 em todo o país.

Inclusive em alguns estados, é proibido beber em público mesmo para maiores de 21 anos (e mesmo que a garrafa esteja dentro daquele saco de papel).


 5. Você pode dirigir e ter um carro

Ferris Bueller, de Curtindo a vida adoidado, olhando para uma Ferrari Como a idade mínima para poder tirar um driver’s license em quase todos os estados é 16 anos, os americanos que estão em idade de high school já podem dirigir e ter carros, e alunos internacionais também.

O processo para tirar o equivalente à carteira de habilitação pode ser feito após você estar há alguns dias nos EUA, seguindo esses passos.

A curto prazo, um carro pode ser útil se você estiver em um campus grande. A longo prazo, você pode aproveitar as férias para viajar, conhecer outros estados e passar pelas estradas e paisagens cinematográficas dos EUA.


6. Você pode ter que fazer aulas de educação física

Time de basquete feminino do Smith College, class of 1902
Time de basquete feminino do Smith College, class of 1902

Muitas faculdades e universidades exigem que você faça (pelo menos) três aulas de educação física para poder se formar.

Já há algum tempo, o número de instituições que têm esse tipo de exigência tem diminuído, mas aproveite para lutar contra o freshman fifteen usando as academias bem equipadas e a variedade de esportes que costumam ser oferecidos nos campi.


7. As bibliotecas poderão se tornar mais importantes que o seu quarto

Harper Library da University of Chicago
Já imaginou estudar em um lugar como a Harper Library, da University of Chicago, que lembra o cenário de um filme do Harry Potter?

Muitos alunos internacionais aproveitam a experiência para morar no campus, mas mesmo aqueles que não moram têm que estudar muito fora da sala de aula.

Por isso, além das salas, a maioria das instituições oferece uma estrutura grande o suficiente para ajudar os alunos a estudar, seja através das bibliotecas, writing centers, professores com office hours para atender alunos e teaching assistants.

Ou seja, prepare-se para estudar muito, mas conte com muito apoio e estímulo.


 8. Você vai poder aproveitar outros recursos

Bronco Student Center da California State Polytechnic University, Pomona Além dos recursos acadêmicos e para pesquisa, algumas instituições oferecem:

  • Serviços de recreação;
  • Apoio a alunos com deficiência;
  • Apoio a alunos pertencentes a minorias;
  • Auxílio com carreira;
  • Auxílio com saúde (mental e física);
  • Auxílio com segurança;
  • Auxílio a família de alunos;
  • Associações estudantis;
  • Intercâmbio em instituições fora dos EUA.

Esses também são excelentes critérios na hora de pesquisar as universidades.


9. Você pode trabalhar até 20 horas dentro do campus

O visto de estudante pode permitir que você trabalhe no campus enquanto tem aulas. Algumas instituições oferecem vagas para teaching e research assistants ou em bibliotecas, escritórios e laboratórios, por exemplo.

A carga de trabalho é reduzida e não há garantia de remuneração, então é melhor não contar com esse tipo de trabalho para arcar com todas as despesas que você possa ter na faculdade, especialmente tuition.

De qualquer forma, você o dinheiro extra pode ser útil para sair ou comprar roupas, por exemplo, e você vai ter uma excelente oportunidade para ganhar mais experiência.


10. Você pode acabar se viciando em séries

Cena de intervenção da série How I met your mother
Mais de cinco horas seguidas vendo uma série? Você pode estar precisando de uma intervenção.

Já que você vai ter que estudar, provavelmente não vai ter muito tempo livre, mas o que você tiver vai ser precioso para descansar ou tentar não pensar em nada.

No entanto, lembre-se que deve existir um equilíbrio entre horas de estudo, atividades extra-curriculares, vida social, horas de sono, descanso e lazer. Uma agenda para organizar seus horários pode ajudar.


Estudar nos EUA é uma grande mudança, mas temos certeza que esse sonho vale a pena.

Basta ver as histórias de quem já está lá.

Para ajudar quem foi admitido, nós também oferecemos anualmente uma Orientação Pré-Partida, que aborda temas como adaptação, choque cultural, vida no campus, experiência acadêmica e outras questões práticas.

Uma consideração sobre “10 coisas que você precisa saber antes de ir estudar nos EUA”

  1. Gostei muito do publicação! Estudo em Salt Lake City, Utah na Lumos Language School e estou gostando muito. O preço de vida aqui em Utah é muito boa e maioria do staff aqui na escola fala Portuguese também. (www.lumos.edu)

    Curtir

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s