Veterinária, Direito, Medicina e Odontologia nos Estados Unidos

O sistema de estudo dos Estados Unidos tem muitas diferenças quando comparado com o brasileiro. Além do processo mais holístico de aplicação, alguns cursos apresentam dificuldades e obstáculos. Estes cursos, muito buscados, são veterinária, direito, medicina e odontologia.

Para começar, a primeira diferença é que estes cursos, que no Brasil se caracterizam por cursos de graduação, nos Estados Unidos são cursos vistos como uma pós. Ou seja, para você ser veterinário, advogado, médico ou dentista, você faz um ciclo básico de estudo numa graduação normal (pre-vet, pre-law, pre-med e pre-dental), fazendo os créditos necessários e, depois, aplica para os cursos de pós e especialização nestas áreas.

Mas, se você faz um destes cursos e tem o sonho de estudar ou exercer a profissão nos Estados Unidos, vamos apresentar aqui algumas opções:

1. Veterinária

Resultado de imagem para gif veterinary

O primeiro passo para fazer veterinária nos Estados Unidos é verificar se a sua instituição de ensino é reconhecida pela AVMA – você pode fazer isso através do link https://www.avma.org/ProfessionalDevelopment/Education/Foreign/Pages/ECFVG-world-colleges.aspx.

Se a sua universidade é reconhecida, então você poderá realizar o processo de validação e aplicação. A validação do diploma é feita por duas organizações, ECFVG e o PAVE e você deverá ter uma das provas de fluência do inglês – TOEFL ou IELTS. Tendo isso, você segue para a fase de avaliação dos conceitos do curso. Isso ocorre pelos exames  teóricos do BCSE – Basic Clinical Science Examination ou QE – Qualifying Examination e pelos exames práticos do CPE – Clinical Proficiency Examination ou CSAE – Clinical Skill Assessment Examination. E, por fim, a última prova, o NAVLE.

E depois de todo este processo, finalmente, você pode exercer a profissão de veterinária(o) nos Estados Unidos!

2. LL.M. – Master of Laws

Resultado de imagem para gif how to get away with a murderer

O LL.M., curso de pós-graduação em direito nos Estados Unidos, é uma ótima opção para quem quer ter a oportunidade de estudar direito no exterior! Ele dura mais ou menos um ano e oferece ao aluno a oportunidade de realizar muito networking e obter uma noção teórica e prática do direito internacional, principalmente sobre Common Law.

Para aplicar para os programas de LL.M. é necessário, primeiramente, escolher as instituições para as quais o candidato vai querer aplicar, porque não são todas as instituições que oferecem este tipo de curso. O candidato deve realizar o exame de proficiência da língua inglesa, TOEFL ou IELTS, e também organizar os documentos solicitados pela instituição, todos traduzidos para o inglês – como o histórico de graduação, diplomas, certificados, etc. Em termos gerais, o processo é bem similar ao de aplicação para um mestrado no exterior, mas toda a aplicação é realizada pelo sistema LSAC – The Law School Admission Council.

3. Residência Médica

Resultado de imagem para gif greys anatomy

Como não há a possibilidade de validação de um diploma de medicina cursado no exterior para atuar na profissão nos Estados Unidos,  uma opção é a residência médica. O processo para realizar residência médica nos Estados Unidos é um pouco difícil e demorado. Ele conta com toda uma validação de conhecimentos que você deve ter adquirido previamente, fora os requisitos de aplicação para a oportunidade. Mas todos os anos há uma grande quantidade de alunos internacionais que são admitidos para ter essa experiência no exterior.

Para isso, primeiro você precisará do ECFMG certificate, uma espécie de validação de diplomas que acontece através da realização do exame norte-americano de Licença Médica, o USMLE – United States Medical Licensing Examination que é dividido em três partes que avaliam seus conhecimentos adquiridos no curso de medicina, a residência médica exercida pelo aluno em seu país e a prática de manejo do paciente e fluência do inglês. Fora o exame, o aluno também precisará de uma gama de documentos de informação pessoal, profissional, pesquisa, experiência, publicações, personal statement, cartas de recomendação e uma lista de programas onde gostariam de fazer residência.

No caso das publicações, eles pedem que comprovem a autoria de artigos e pesquisa realizados sobre assuntos médicos durante seu tempo de estudo. Isso inclui artigos, participação em congressos e possíveis livros que participou ou escreveu.

No caso das cartas de recomendação, o sistema pede quatro cartas e seria importante que elas sejam de médicos norte-americanos. Há todo um critério para a seleção e os médicos de lá têm maior credibilidade para o processo de seleção do que os médicos estrangeiros.

Temos também o USCE – United States Clinical Experience. A sigla se refere aos estágios realizados na área, no caso, uma opção é, além do observeship e externship, o estágio clerkship que tem maior peso que os demais.

Com todos estes documentos, o estudante poderá se inscrever no ERAS – Eletronic Residency Application System e, finalmente, consolidar seu processo de aplicação para residência médica nos Estados Unidos.

4. Residência odontológica

Imagem relacionada

Bom, assim como veterinária, os Estados Unidos não reconhecem o diploma para poder exercer a profissão lá. Ou seja, os estudantes dessa área que querem trabalhar por lá terão de tomar um outro caminho.

O primeiro passo é completar os requisitos acadêmicos e isso acontece através revalidação dos seus certificados a partir da residência odontológica. Um porém é que cada Estado norte-americano tem a sua regra para isso, e o profissional ficaria condicionado à trabalhar apenas nos Estados que possuem regras parecidas com as de onde realizou residência. Isso ocorre porque, além do exame teórico do NBDE, há mais três exames que o candidato deverá fazer dependendo do local onde deseja atuar. Sendo eles: WERB – Western Regional Examination Board, NERB – North East Regional Board CRDT – Central Regional Dental Testing.

Decidindo o local de residência, prestando os exames e sendo aprovado em todas as etapas, o candidato deve se inscrever no órgão estadual através do State Dental Board e aguardar a emissão da sua licença para trabalho.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s