Arquivo da categoria: Financial Aid

Bolsas e outros tipos de auxílio financeiro para estudar nos EUA

Inscrições do Programa Oportunidades Acadêmicas – Graduate encerram amanhã (25/01/19)

As inscrições para o programa Oportunidades Acadêmicas, nível de Pós-Graduação (Graduate Programs) financiado pelo Departamento de Estado dos EUA e oferecido no Brasil através da rede EducationUSA, estão abertas até amanhã, 25 de janeiro. Para alunos interessados em fazer um mestrado ou doutorado completo nos EUA.

O programa visa apoiar estudantes academicamente qualificados, mas sem condições financeiras, no processo de candidatura sendo o objetivo final que consigam admissões com bolsas de estudos em universidades nos Estados Unidos.

oppopp2

INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 25 DE JANEIRO DE 2019

COMECE SUA INSCRIÇÃO AQUI

 Entre em contato para tirar suas dúvidas: candidatura_oa@educationusa.org.br.

5 steps to study in the USA

O EducationUSA, órgão afiliado à Embaixada Norte-Americana e sua fonte oficial de informação sobre estudos nos Estados Unidos, acredita em cinco passos principais para você alcançar seu objetivo de estudar no exterior. E como nossa missão é facilitar todo esse processo para você, vamos falar um pouco sobre cada um deles.

1. Research your options

O primeiro passo da sua jornada para ir estudar nos Estados Unidos é encontrar a sua instituição. Você sabia que são mais de 4.000 instituições de ensino no país? Isso mesmo! Então como encontrar a melhor universidade para você?

O que nós acreditamos é que você tem que buscar pela universidade que mais se encaixa no seu perfil – perfect fit! Tudo bem a gente sonhar com Harvard e Yale, tudo bem a gente querer estudar em Columbia ou Brown. Mas estas instituições têm a ver com você? Muitas vezes, por sempre ouvirmos estes nomes em filmes, propagandas, reportagens e rankings, achamos que apenas estas instituições são boas. E elas são mesmo! Mas dentro do enorme número de instituições do país, sabemos que muitas outras ali são tão incríveis quanto.

Então, o que a gente quer dizer é: encontre uma instituição que se encaixe com o seu perfil em todos os sentidos – acadêmico, econômico e pessoal. Deste modo o seu sonho de estudar nos Estados Unidos ficará muito mais próximo de acontecer! Por isso, quando estiver montando a sua College List, sempre pense no porquê você quer estudar nos Estados Unidos? Onde seria a melhor localidade? Quais colleges ou universidades de encaixam nos seus requisitos? Há ou não a necessidade de aplicar para uma bolsa de estudos? Quais são os prazos do application? 

Para te ajudar nesse processo, você pode utilizar dois sites:

https://studyinthestates.dhs.gov/school-search 

https://bigfuture.collegeboard.org

Não se esqueça, também, dos testes de proficiência (TOEFL ou IELTS) e acadêmicos (SAT ou ACT) que a sua universidade pode exigir. Esteja atento com as datas, preparação e realização dos testes dentro dos prazos do application. Você pode saber mais sobre estes exames aqui.

2. Finance your studies

O segundo passo deste processo é saber como você vai financiar o seu intercâmbio. Lembrando que os custos para estudar nos Estados Unidos são altos e você terá que comprovar como pagará por eles antes mesmo de sair do país. Então, logo após escolher a sua instituição, já comece a procurar programas de Financial Aid e outros tipos de bolsas da instituição.

Há uma enorme quantidade de tipos de bolsa para as quais você pode aplicar, lembrando que o application para bolsas de estudo ocorre junto ao processo geral de aplicação. Isso exige uma grande disciplina com relação à toda documentação necessária e prazos, pois o processo é bem concorrido e qualquer atraso pode prejudicar seu processo.

Dica: os custos para estudar nos Estados Unidos variam muito de região para região. Subúrbios e áreas rurais e as regiões South e Midwest normalmente têm custos de vida mais baixos. Busque por mais de um local e sempre tente variar para poder comparar os preços e ver qual deles se encaixa melhor no seu orçamento!

Para encontrar alguns tipos de bolsas de estudo disponíveis, acesse https://educationusa.state.gov/find-financial-aid

3. Complete your application

Sabemos que o processo de application é bem holístico e diferenciado do processo para ingresso no estudo superior que acontece aqui no Brasil. Por isso, fique sempre ligado nos prazos e requisitos de cada instituição para as quais você realizará sua aplicação.

Além disso, há uma lista de documentos básicos que são requeridos nesse processo, como cartas de recomendação, personal statements, históricos escolares ou de graduação e diplomas. Tente deixar tudo isso organizado e traduzido (inclusive, o EducationUSA pode te ajudar com isso aqui) para evitar imprevistos.

4. Apply for your student VISA

Agora que você já completou os passos anteriores, pode partir para o processo de retirada do visto – neste caso, o visto é de estudante – F, J ou M -, o visto de turista não tem validade para estudar a longo prazo nos Estados Unidos -. Nesta etapa, o Consulado dos Estados Unidos que te auxiliará.

Você pode esclarecer dúvidas e pedir mais informações através dos sites:

https://travel.state.gov/content/travel/en/us-visas.html

https://studyinthestates.dhs.gov/students

5. Prepare for your departure

E, finalmente, prepare-se para sua viagem! Com seu application pronto, sua carta de aceitação e toda documentação necessária, o último passo dessa caminhada consiste na organização geral para viajar e o EducationUSA pode te ajudar com isso.

Através da nossa Pre-Departure Orientation você vai ter acesso às informações sobre sua viagem, o que esperar desta experiência, auxílio com mudanças, adaptação e cultura local, no geral, uma preparação para sua nova vida neste período no exterior. Contate o centro mais perto de você para saber quando será o próximo evento!

BOA SORTE!

De São Paulo para Michigan

Já imaginou trocar o clima tropical do Brasil pelo congelante Norte dos Estados Unidos? Conheça hoje a história de como uma brasileira completou o processo de aplicação para as universidades americanas com o nosso centro e escolheu o frio para ingressar em uma das escolas mais renomadas de Engenharia do Mundo. Continuar lendo De São Paulo para Michigan

Ciência sem Fronteiras: graduação-sanduíche

Quem sonha com a experiência acadêmica internacional nos Estados Unidos e não pode arcar com todos os custos tem uma excelente chance de realizar esse sonho pelo programa com a bolsa do governo!

O programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.

Os benefícios incluem:

Quem quiser pode ver os valores dos benefícios mais detalhadamente aqui.

  • Bolsa mensal;
  • Auxílio-Instalação;
  • Auxílio material didático;
  • Passagens aéreas;
  • Seguro Saúde.

A bolsa costuma ter a duração de 12 meses, mas também pode se estender quando incluir um curso de idioma, a depender da chamada.

Parece uma excelente uma oportunidade, não? Então fique atento:

A meta do programa é passar de 100.000 bolsas, mas todos os candidatos participam de uma seleção. Quem não quer perder essa chance precisa ficar atento às chamadas e aos requisitos dos editais para não ter sua candidatura indeferida.

As exigências para todas as chamadas de graduação são:

  • Ser brasileiro ou naturalizado;
  • Ter tirado uma nota global no ENEM de no mínimo 600 pontos em exames realizados a partir de 2009;
  • Apresentar teste de proficiência em inglês no exame aceito pela instituição de destino;
  • Estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino superior do Brasil nos cursos relacionados às áreas contempladas;

    Alunos da área de saúde devem verificar as exigências específicas de cada uma das chamadas

  • Ter cumprido com no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto para o curso no Brasil;
  • Ser homologado pela instituição de ensino superior de origem por mérito acadêmico.

Além disso, será dada prioridade aos candidatos que:

  • Receberam prêmios em olimpíadas científicas no país ou exterior;
  • Tiveram ou ainda estão usufruindo de bolsa de iniciação científica ou tecnológica do CNPq (PIBIC/PIBITI) ou do PIBID da CAPES.

But don’t panic!

Nas chamadas dos EUA, o aluno pode realizar o exame TOEFL-ITP gratuitamente através do Inglês sem Fronteiras. Para a seleção, tanto o TOEFL-ITP quanto o iBT serão aceitos.

Outra vantagem é que, aos selecionados que tiram entre 69 e 78 no TOEFL iBT ou entre 525 e 549 no TOEFL-IPT, será oferecida uma bolsa para realizar treinamento prévio de inglês de curta duração.

O prazo para inscrição nas chamadas nº 180/2014 e 196/2014, específicas para graduação-sanduíche nos EUA, vai até 29 de setembro, então não perca tempo, leia os editais e inscreva-se aqui!

Se você ficar com dúvidas, qualquer interlocução com o programa Ciência sem Fronteiras, inclusive para candidatos com dificuldades no acesso ao formulário de inscrições, deverá ser realizada via protocolo do programa, no Fale Conosco.

Common Application

A chamada nº 180/2014 do programa usa uma plataforma própria do IIE (Institute of International Education) chamada de Common Application Form, para preenchimento de formulários e upload de arquivos. Embora tenham o mesmo nome, essa plataforma não é aquela que quem está aplicando diretamente às universidades americanas para graduação costuma usar, The Common Application.

O preenchimento completo e a anexação de todos os documentos obrigatórios deve ser feita até o dia 3 de novembro, mas entre 9 de outubro e 28 de outubro, serão oferecidas orientações onlines para falar sobre o preenchimento. Veja abaixo as datas:

09 de Outubro – (Quinta-Feira)- 13:30
16 de Outubro – (Quinta-Feira) -11:00
20 de Outubro – (Segunda-Feira) -13:30
22 de Outubro – (Quarta-Feira) – 15:30
28 de Outubro – (Terça-Feira) – 11:00 – ÚLTIMA SESSÃO

Para participar, basta entrar nesse link nas datas e horários específicos das orientações: http://www.watchitoo.com/show/wqi-016 e entrar no link como “Guest” (“Sign in as Guest”)

E a tradução?

Entre os documentos exigidos está o histórico escolar de graduação traduzido.

Além de apoiar o programa de várias outras formas, nosso escritório também oferece traduções certificadas de documentos acadêmicos para instituições americanas, inclusive para candidatos pelo Ciência sem Fronteiras. A diferença dessa tradução para a juramentada é que ela tem um valor mais em conta, já que é válida apenas para instituições dos EUA, ao contrário da juramentada, que é reconhecida para qualquer finalidade oficial.

Mas cuidado para não deixar para a última hora: quanto maior o prazo da tradução, menor o valor. Para mais informações, envie um e-mail com o seu documento para advising.trad@alumni.org.br

Quem já é graduado e quer fazer doutorado nos EUA também pode ter bolsa também.

Para as modalidades de doutorado pleno e doutorado-sanduíche do programa, veja mais informações!